Região

Estamos bem no centro geográfico de Portugal, uma enorme mancha de pinheiros bravos que se estende por uma paisagem imponente que alterna entre a grandiosidade das cristas de quartzo das Serras do Moradal e Alvelos e os vales profundos escavados pela insistência milenar dos inúmeros cursos de água que engrossam o Zêzere.

Descarregue a aplicação OleirosXplore e fique a par de todos os pontos de interesse do nosso concelho.

Mergulhe no Pinhal Interior, o centro verde do país. Uma região dominada pela natureza, onde abunda o pinheiro e o medronheiro. Onde as cristas escarpadas de granito sobressaem, orgulhosas da paisagem e escondem vales de riachos e ribeiros límpidos e intocados. Por aqui serpenteia a Grande Rota dos Apalaches e outros percursos pedestres que acompanham os meandros do rio Zêzere. Por aqui adoramos a quietude do birdwatching e a adrenalina do BTT, preservámos a história gravada no xisto e a gastronomia rica da memória dos nossos avós.

O convite fica feito. Explore! Temos um património à sua espera.
seta-baixo
percursos Pinhal Interior GR38
Percursos
Temos mais de 100 kms de percursos pedestres à nossa volta, todos perfeitamente identificados e sinalizados, que visitam os melhores recantos do concelho. Explore a Grande Rota dos Apalaches (GR38), acompanhe o nosso troço da Grande Rota do Zêzere (GRZ) ou perca-se nas pequenas rotas (PR) do Estreito , na georrota do Orvalho ou nas rotas em volta da aldeia do xisto de Álvaro.
Monumentos
Incontornável é Álvaro, a aldeia de xisto que é branca. Álvaro apresenta-se como uma muralha branca que se estende num promontório com uma vista deslumbrante sobre os meandros do Zêzere. A geografia peculiar do lugar confere-lhe um caráter de fortaleza inexpugnável mas esconde também um património invejável de 7 capelas e uma ponte romana assim como vestígios da ocupação templária. A religiosidade das nossas gentes manifesta-se ainda nas igrejas matriz e da Misericórdia de Oleiros, imóveis classificados, ou no interesse arquitetónico da igreja do Estreito.
Monumentos em Oleiros
gastronomia do pinhal interior
Gastronomia
Estamos num território de grande herança gastronómica onde se privilegia a cozinha tradicional e se guarda a memória dos saberes dos nossos avós. O exclusivo cabrito estonado impõe-se como o rei da nossa cozinha, onde se destacam também os enchidos como o maranho e o bucho e o coelho de caça panado. As águas xistosas dos rios fornecem também as trutas grelhadas e os achigãs. Adoce o paladar com as receitas artesanais do bolo de mel, das papas de milho, das filhós e da tigelada. Atreva-se no vinho Callum, um vinho branco e leve exclusivo de Oleiros ou, se for mais aventureiro, prove a tradicional aguardente de Medronho.
GEOPARK
Oleiros encontra-se dentro do território do Geopark Naturtejo, graças aos impressionantes testemunhos geológicos que originam geossítios de excecional valor patrimonial. Visite o sítio do Portelo ou a pedreira da Penha Alta, com os seus icnofósseis, ou as cristas quartzíticas do Zebro e do Orvalho que oferecem miradouros de cortar a respiração. Descubra a Fraga de Água d’Alta, a maior queda de água da Beira Baixa, a Garganta Epigénica da Malhada Velha ou viaje pelos meandros do Zêzere.
geopark pinhal interior

Oleiros Explore

Descarregue a Aplicação de turismo para o concelho de Oleiros e encontre muitas mais sugestões e indicações!

Download para
iconandroidapp